Infantil

1220 Produtos
Ordenar por

Dicas para montar o quarto infantil

Não há nada mais prazeroso do que montar e decorar o quarto infantil. Então, para facilitar esta tarefa e garantir que o resultado dê certo, separamos algumas dicas essenciais para guiar todo o projeto.

O primeiro passo antes de começar a montar o quarto infantil é analisar o espaço disponível no cômodo. Dessa forma, você guiará a compra dos móveis, decorativos e acessórios para garantir que os produtos se encaixem perfeitamente e sejam extremamente funcionais.

Para o caso de quartos muito pequenos, o mais indicado é apostar nos móveis funcionais e embutidos, como por exemplo as camas que já vêm com uma escrivaninha. Outra opção são as bicamas ou beliches, principalmente para quartos com mais de uma criança ou para famílias que gostam de receber visitas.

Nos quartos maiores, você pode soltar a imaginação e investir em todos os tipos de móveis. Lembre-se apenas que o mais indicado é comprar apenas o que será utilizado pelas crianças e não atrapalhará na circulação do cômodo.

Após a análise do espaço, é hora de escolher a cor do quarto infantil. Antes de decidir uma tonalidade, lembre-se de que o ambiente deve transmitir uma atmosfera alegre, divertida e lúdica.

Dessa forma, o mais recomendado para a decoração infantil é investir em uma base neutra para que seja possível complementar o espaço com móveis, acessórios e até mesmo investir em um papel de parede estampado.

Móveis essenciais para o quarto infantil

Um dos móveis mais essenciais para o quarto infantil é a cama ou o berço. Para ambientes menores, recomenda-se os modelos bicama ou beliche para quando a família quiser convidar algum amigo do filho para passar a noite. Além disso, esta opção é ótima para o período de adaptação, quando os pais ainda dormem ao lado dos pequenos.

Outro móvel infantil essencial é o armário, que servirá para armazenar as roupas e acessórios das crianças. É possível escolher um modelo que seja duradouro e acompanhe os pequenos em diversas fases da sua vida.

Vale também apostar nos nichos para incrementar a decoração e a funcionalidade do cômodo. Os modelos fechados podem guardar objetos pequenos do dia-a-dia e os abertos podem ajudar a expor brinquedos, livros e outros pertences pessoais.

Caso as crianças estejam no processo de educação, é importante ter uma bancada no quarto para incentivá-las na realização dos trabalhos manuais. No futuro, este móvel pode ser transformado em uma mesa de computador ou até mesmo em um espaço de apoio para o home office.

Dicas para organizar o quarto infantil

Após mobiliar e decorar o quarto infantil, é hora de pensar em maneiras de manter o ambiente sempre organizado. Para isso,os maiores aliados são os baús, cestos, caixas organizadoras e prateleiras. Além disso, vale também apostar em uma estante para colocar livros e brinquedos.

Uma dica para facilitar a organização é deixar todos os elementos na altura da criança para que ela consiga ajudar na tarefa. Além disso, ela também terá maior independência para escolher, na hora que desejar, um brinquedo ou livros para ler.

Como limpar o quarto infantil?

A melhor dica para manter o quarto infantil sempre limpo é investir em um espaço bem arejado, que garanta a boa circulação do ar, para assim evitar os agentes causadores de doenças. Além disso, na hora da limpeza, abra bem as janelas, cortinas e retire qualquer mobília que possa impedir a ventilação.

Para uma limpeza rápida e eficiente, tenha por perto o aspirador de pó. Com ele, você pode limpar desde os pisos até dentro das gavetas e armários. Ele também oferece a vantagem de não levantar poeira no ambiente, prejudicando menos a saúde das pessoas.

Vale também ter em mãos um álcool 70% para higienizar a decoração infantil e os brinquedos. Este produto pode ser utilizado tanto para começar a higienização das superfícies como para finalizar a limpeza de armários, pisos e objetos.

Por fim, para tirar o pó que pode ter restado, utilize um pano umedecido. Caso queira deixar o quarto perfumado, adicione um produto de limpeza leve e que não ofereça nenhum perigo à criança.