Copos e taças

135 Produtos
Ordenar por

Como escolher copos e taças para a mesa posta

Montar uma mesa de jantar para oferecer um momento inesquecível aos seus convidados pode parecer complicado. Quanto mais pessoas à mesa, mais itens, e com tantos utensílios é difícil se perder e não saber onde cada objeto deve ir. Por isso, mostraremos por aqui como escolher os copos e taças para cada bebida e como dispô-los na sua mesa posta. Confira!

O primeiro passo é escolher o material das suas taças: de cristal ou de vidro? As taças de vidro são mais recomendadas para eventos informais e para o dia a dia. Já os modelos de cristal são perfeitos para uma recepção elegante, já que trazem mais sofisticação à mesa e é um material agradável de manusear.

As taças de cristal também são as mais recomendadas por conta das suas propriedades, e uma delas é a espessura. Em geral, o cristal é mais fino que outros materiais, o que faz com que a temperatura da taça não influencie na degustação. Além disso a transparência do cristal é outro ponto positivo, facilitando a visualização das nuances de cor da bebida, uma etapa super importante na experiência de degustação.

Outro detalhe que pode influenciar a sua escolha é o fato de o cristal ser mais poroso que o vidro, fazendo com que as moléculas da bebida se quebrem com os movimentos da taça, liberando seus diferentes aromas. Esse aspecto faz toda a diferença na apreciação de um bom vinho, por exemplo.

Copos e taças para não errar na hora do vinho

O tipo de taça varia muito de acordo com o tipo de vinho que será servido nas refeições. Por isso, antes de preparar a mesa posta, lembre-se de verificar qual vinho será servido aos seus convidados para acertar na escolha da taça. Separamos um guia para te ajudar a entender os modelos e suas especificações.

O vinho branco e o rosé, por exemplo, são servidos em temperaturas mais baixas e, por isso, pedem taças menores que as de vinho tinto. A diferença de tamanho é devido à quantidade de bebida servida, já que os vinhos brancos e rosé são servidos menos e com mais frequência para que não esquentem. Além disso, é recomendado que o bojo seja ligeiramente mais estreito para conservar a temperatura ideal.

Já a escolha da taça dos tintos leva em consideração o tipo de uva. O modelo de taça bourdeaux é ideal para as bebidas mais encorpadas, como os vinhos provenientes de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Syrah e Tannat. Já as uvas Pinot Noir, Barbera, Nebbiolo e Amarone pedem taças do tipo borgonha, com formato semelhante ao de um balão, desenhadas para ressaltar o sabor macio e reduzir a acidez.

Tanto as taças de vinho branco quanto as de vinho tinto devem ter hastes longas para impedir que o convidado segure-a pelo bojo, interferindo na temperatura. Em ambos os casos, a bebida deve ocupar cerca de um terço da taça para facilitar a degustação e os movimentos circulares que servem para arear a bebida.

Copos e taças ideais para os momentos de brindes

O espumante é uma bebida que possui algumas regras mais específicas. O ideal para consumir a bebida é a taça em formato de flauta, chamada flute. Ela possui um formato alongado do bojo, que contribui para reter a espuma e os aromas por muito mais tempo, prolongando a sensação refrescante e intensa que só o espumante tem.

A haste também deve ser longa para conservar a temperatura e, diferentemente do vinho, a taça pode ser mais bem servida, com cerca de dois terços de espumante.

Copos para a turma da cerveja

Existem vários tipos de taças e copos para a degustação de uma boa cerveja artesanal, tudo irá depender da composição da bebida. As de trigo, por exemplo, vão bem com as taças do tipo weizen, com corpo alongado e bojo mais largo. O formato favorece a formação de colarinho e acentua os aromas e os sabores da bebida.

Já as tulipas são ideais para as cervejas Pilsen, pois mantêm seu frescor e leveza. O modelo trapist, inspirado nas taças de espumante, é a melhor opção para cervejas frutadas, com paladar complexo. E, para as cervejas mais encorpadas ou robustas, dê preferência ao copo do tipo goblet.

Como dispor os copos e taças na mesa

Em todos os tipos de refeições, os copos devem ficar sempre ao lado direito do prato, em ordem decrescente, ou seja, de acordo com o seu tamanho. Independente do estilo da recepção, é imprescindível que o máximo de copos dispostos na mesa seja de cinco unidades.

A ordem das taças deve seguir um padrão de conforto e conveniência, de maneira que fiquem acessíveis de acordo com os pratos servidos. Da esquerda para direita: o primeiro e maior copo é o da água, já que é ela quem acompanha qualquer refeição. A taça do vinho vai ao meio, e o menor copo é a taça para vinho branco.

Nos casos das refeições em que será servido espumante porém o espaço é reduzido o ideal é colocar a taça em formato flute atrás da fileira de copos, formando um desenho de “diamante”. Mas lembre-se de colocar o item somente se ele for utilizado. É muito importante deixar alguns espaços livres para que os convidados fiquem mais confortáveis.